out 312019
 

Mais perdido que cebola em salada de fruta!

Houveram algumas tentativas de processo para os membros (opa!) do Cafezinho. Um apresentador destes programas de tv do tipo colunismo social, sentiu-se ofendido com nossas colocações a respeito do seu programa e mandou um advogado entrar com um processo. O advogado ligou várias vezes, mas o tal processo acabou não saindo.

Outro que ficou indignado, foi um jornalista de tv e rádio que nos ligou e pediu um espaço no programa para se defender dos comentários nada elogiosos a sua pessoa, feitos pelo Arthur, sob pena de sermos processados. Nós concedemos o espaço, ficamos aguardando ataques severos a nós ou ao Cafezinho de uma forma geral e o jornalista em questão simplesmente elogiou o programa, dizendo que era uma honra estar ali participando etc e tal e não quis comprar a briga.

E teve um deputado da nossa valorosa Assembléia Legislativa que também pediu a fita do programa ameaçando processo porque um ouvinte que entrou no ar por telefone disse que no gabinete do tal deputado aconteciam coisas esquisitas. Parece que o nobre deputado, ao dar emprego para seus assessores, exigia um “repasse” de um percentual do salário dos funcionários para ele, deputado. Mas foram só ameaças de processo que acabaram não se concretizando.

O nosso gerente comercial Érico Fraga seguidamente fica apreensivo. É que as vezes escapa algum comentário sobre empresas patrocinadoras do programa, mas nada que a gente não resolva facilmente com alguns socos e pontapés. Outra curiosidade dos prezados ouvintes é se a gente briga ou se nós somos realmente amigos, como parecemos no programa. Sim, somos amigos mesmo. Uns se amam mais do que outros (êpa!) e brigamos também, como toda família.

Muitas vezes, alguém sai “maguary” do programa, mas rola aquele clima “não posso ficar de mal contigo” ou seja, nada que um telefonema não resolva. O certo é que não falamos tudo o que pensamos, mas chegamos perto. Nem inventamos tudo o que falamos, senão, não seria o Cafezinho (da pop rock)!

 

 Leave a Reply

(required)

(required)

Grato por sua visita!
%d blogueiros gostam disto: