Home |

 

Blog

|

Ricardo Barão, A

Ricardo Barão, A

26 de Desembro de 2010 | Tag: Barão
A “velha” Ricardo Barão!

Conheci o Barão na discoteca da Bandeirantes FM em 1980. Ele apareceu sugerindo um programa de rock e dizendo que tinha farto material. O Barão havia trabalhado na Cultura Pop e tava muito a fim de fazer o programa. O Nilton Fernando (que era o diretor da Bandeirantes na época)  resolveu apostar naquela idéia e assim, surgia o Studio 576. O programa marcou época porque era o único naquele momento que tocava rock, rock‘n’roll, rock pesado...quando mudamos para a Ipanema FM o programa do Barão virou o Central Rock e continuou nessa linha. Frequentei o apto do Barão na época em que ele morava na Gonçalo de Carvalho, a bela rua do túnel verde, ele morava na parte mais de cima, próximo da Ramiro. Ele me mostrava entusiasmado os discos do Led, Clapton, Rush.... a minha concepção de rock era mais Beatles  e assim aprendi várias coisas com o Barão nessa área... Inquieto, Barão abriu casas noturnas e fez várias produções de festas e shows. Lembro de uma festa em Novo Hamburgo com show do Cheiro de Vida e o Barão abrindo o som com Born to be wild do Stepenwolf... rock’n’roll minha “velha” ele dizia. Seguidamente alguém me pergunta, e o Barão, onde anda? Muita gente fez a cabeça, literalmente com os programas do Barão. Não tinha muito contato com ele nos últimos anos. Fiquei sabendo esse fim de semana, via twitter que ele andava doente, internado já há vários dias e teve uma parada cardíaca na última quinta feira. Agora ele se foi. Barão era um pouco mais velho do que eu. Não sei exatamente a idade que tinha. Mas partiu cedo, a “velha”....