abr 302007
 

Recolhi de uns escritos meus guardados numa pasta chamada projetos de ‘projetos de livro’.

Eu sou apenas um rapaz, latino americano

Em 1976 eu trabalhava como Operador de áudio na rádio Cachoeira AM em Cachoeira do Sul. Lá recebi uma fita de rolo (jovens procurem no google o que é isso) do amigo Nilton Fernando Nilnews que trabalhava na Difusora em Porto Alegre e nos mandava novidades gravadas que demorariam pra chegar em Cachoeira. Na fita tinha Wings – Silly love songs e Belchior – Apenas um rapaz latino americano. Gostei das duas. Em seguida eu estava chegando em Porto Alegre e não tinha como não relacionar a minha chegada na cidade grande com os versos do Belchior. “Sem dinheiro no banco e sem amigos importantes”…o impacto da letra dessa música e também “A palo seco” seriam determinantes porque eu me sentia dentro daquela estória, assim como todos os brasileiros e latino americanos que saíram de suas pequenas cidades atrás de algum emprego ou algum sonho na grande metrópole. Belchior era a trilha “A solidão das pessoas nessas capitais/ A violência da noite/ o movimento do tráfego/ Um rapaz delicado e alegre que canta e requebra/ É demais?” Nós ouvíamos os versos do Belchior e ficávamos impressionados porque era uma realidade poética, dura, do Brasil, ao mesmo tempo que tinha uma linguagem de rock, uma sonoridade meio Bob Dylan, meio cantador nordestino, mas bem gravado, eu me impressionava com o som do disco Alucinação, o som da bateria, eu nunca tinha ouvido um som de bateria como aquele num disco brasileiro. Belchior era moderno! Eu frequentava bastante o apartamento de um primo na rua Hoffman no Bairro Floresta e ouvíamos o disco Alucinação impressionados e impactados por ele. E íamos no apartamento ali perto, de um amigo dos meus primos que era, digamos, mais intelectual, e ele ouvia bossa nova. João Gilberto. Eu achava interessante aquilo, porque me interessava por música de todas as maneiras, mas preferia o Belchior. Na foto eu entrevisto o cara, uns 15 anos depois disso na rádio Felusp, que depois veio a ser a Pop Rock.

Em 30 de abril de 2017

 Leave a Reply

(required)

(required)

Grato por sua visita!
%d blogueiros gostam disto: